DANO MORAL AMBIENTAL COLETIVO

Sara Fernandes Goulart

Resumo


O presente trabalho trata do dano moral ambiental coletivo, com o objetivo geral de demonstrar que sua aplicação é possível no direito brasileiro. Para o desenvolvimento do estudo foi utilizado o método de abordagem dedutivo. Partiu-se de uma proposição geral, a Constituição Federal e a legislação ordinária ambiental, até se atingir uma conclusão mais específica a respeito da aplicabilidade do dano moral ambiental coletivo no direito brasileiro. Quanto ao método de procedimento, foi utilizado o monográfico, pois se realizou um estudo delimitado e minucioso acerca do tema. Assim, o tipo de pesquisa realizada foi a bibliográfica, por meio de revisão da matéria em livros e revistas especializadas, bem como documental, colhendo-se informações na jurisprudência, o que possibilitou uma pesquisa de profundidade exploratória. Verificou-se que o dano moral ambiental coletivo pode ser aplicado no direito brasileiro – com base nos princípios ambientais e constitucionais, bem como na interpretação sistemática da legislação ambiental e da jurisprudência – e é cumulável com outros tipos de reparação prescritos no direito ambiental.


Palavras-chave


Meio Ambiente. Dano Moral. Direitos Difusos e Coletivos. Responsabilidade Civil.

Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, Frederico Augusto Di Trindade. Direito ambiental esquematizado. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Método, 2011.

ANTUNES, Paulo de Bessa. Direito ambiental. 12. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: . Acesso em: 03 jul. 2014.

_______. Lei n. 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a política nacional do meio ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2014.

______. Lei n. 7.347, de 24 de julho de 1985. Disciplina a ação civil pública de responsabilidade por danos causados ao meio-ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico (VETADO) e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 23 maio 2014.

______. Lei n. 8.078, de 11 de setembro de 1990. Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2014.

______. Superior Tribunal de Justiça. Recurso Especial n. 1145083/MG. Relator: Ministro Herman Benjamin. Acórdão de 27 de setembro de 2011. Disponível em: . Acesso em: 02 jul. 2014.

______. Superior Tribunal de Justiça. Recurso Especial n. 598.281/MG. Relator: Ministro Luiz Fux. Acórdão de 02 de maio de 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2013.

______. Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Apelação Cível n. 2008.39.00.012221-8 / PA. Relator: Des. Federal Selene Maria de Almeida. Acórdão de 08 de agosto de 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2014.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes; LEITE, José Rubens Morato. Direito constitucional ambiental brasileiro. 3. ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2010.

DELGADO, José Augusto. Responsabilidade civil por dano moral ambiental. Informativo Jurídico da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva, Brasília, DF, v. 19, n. 1, jan./jun. 2008. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2014.

DURÃES, Maria Alice. Responsabilidade civil por dano moral ambiental coletivo. Montes Claros, 2013. Originalmente apresentada como tese de conclusão de curso, Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros. Disponível em: . Acesso em: 02 jul. 2014.

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco. Curso de direito ambiental brasileiro. 13. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2012.

LEITE, José Rubens Morato. Dano ambiental: do individual ao coletivo extrapatrimonial. 2. ed. rev., ampl. e atual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2003.

MACHADO, Paulo Afonso Leme. Direito ambiental brasileiro. 17. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Melhoramentos, 2009.

MEIRELLES, Hely Lopes. Mandado de segurança. 26. ed. atual. São Paulo: Malheiros, 2004.

MILARÉ, Édis. Direito do ambiente. 8. ed. rev. e atual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013.

MORAES, Alexandre de. Direito constitucional. 28. ed. rev. e atual. São Paulo: Atlas, 2012.

NERY JUNIOR, Nelson; NERY, Rosa Maria Andrade. Constituição Federal comentada e legislação constitucional. 2. ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2009.

OLIVEIRA, Erival da Silva. Prática constitucional. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009.

PACCAGNELLA, Luis Henrique. Dano moral ambiental: dano moral e sua quantificação, caxias do sul. Plenum, 2007. 1 CD-ROM. ISBN 978-85-88512-18-4.

RIO DE JANEIRO. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Apelação Cível n. 2001.001.14586. Relatora Des. Maria Raimunda T. de Azevedo. Rio de Janeiro, 06 de março de 2002.

SANTA CATARINA. Tribunal de justiça De Santa Catarina. Apelação Cível n. 2013.063243-6, de Joinville. Relator Des. Gilberto Gomes de Oliveira. Acórdão de 28 de novembro de 2013. Disponível em: . Acesso em: 03 jul. 2014.

SIRVINSKAS, Luís Paulo. Manual de direito ambiental. 10. ed. rev. atual. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2012.

VIEIRA, Vinícius Marçal; MENDONÇA, Jales Guedes Coelho. Danos morais coletivos em matéria ambiental. Jus Navigandi, Teresina, ano 13, n. 1694, 20 fev. 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista do CEJUR/TJSC: Prestação Jurisdicional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista do CEJUR/TJSC: Prestação Jurisdicional. ISSN: 2319-0884
Tribunal de Justiça de Santa Catarina. CEJUR - Academia Judicial
Rua Almirante Lamego, 1386 - Centro - CEP 88015-601 - Florianópolis - SC