A entrega voluntária de crianças para adoção legal e a necessidade de serem realizadas campanhas com gestantes em situação de vulnerabilidade

Bruna de Moraes Santos, Denise Gabriella Dias da Silva Patzlaff, Francilene Laureano Moreira Krzisch, Jeanie Maria Tomazelli Amorim, Marcos Emerson Krzisch, Mariane Irineia Alves

Resumo


O presente artigo versa sobre a entrega voluntária de crianças para adoção legal e as campanhas realizadas no município de Itajaí/SC para estimular tal prática. Utilizando-se a metodologia de pesquisa bibliográfica, foram analisados dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a entrega voluntária de crianças em adoção em âmbito nacional. Foi apresentada a experiência da campanha Adoção Legal, desenvolvida pelo Grupo de Estudos e Apoio à Adoção do município de Itajaí – SC (GEAAI – Laços Encontrados) em parceria com a equipe técnica (assistentes sociais e psicólogos) da comarca, que procura estimular a entrega voluntária de crianças em adoção legal, a fim de possibilitar as adoções via cadastro e restringir a prática de adoções irregulares. 


Palavras-chave


Entrega voluntária. Adoção. Campanhas de adoção.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista do CEJUR/TJSC: Prestação Jurisdicional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista do CEJUR/TJSC: Prestação Jurisdicional. ISSN: 2319-0884
Tribunal de Justiça de Santa Catarina. CEJUR - Academia Judicial
Rua Almirante Lamego, 1386 - Centro - CEP 88015-601 - Florianópolis - SC